Carrinho0Item(s)

Nenhum produto no carrinho.

Product was successfully added to your shopping cart.
Folheto - Relacionamentos Felizes (pacote com 100)

Folheto - Relacionamentos Felizes (pacote com 100)

R$3,80

A partir de R$1,90
para quantidades!

(Em estoque)

Folheto - Relacionamentos Felizes (pacote com 100)

Descrição Rápida

Certa vez uma amiga me perguntou: “Como você garante que sua relação vai durar, que você e seu parceiro serão fiéis um ao outro? Quem garante que sempre terão amor e que não haverá decepções?”

Disponível: Em estoque

R$3,80

A partir de R$1,90
para quantidades!

Descontos: compre em quantidades!
Quantidade Preço Unitário Desconto
10 R$3,42 10%
20 R$3,04 20%
50 R$2,66 30%
100 R$2,39 37%
500 R$1,90 50%

Detalhes

Certa vez uma amiga me perguntou: “Como você garante que sua relação vai durar, que você e seu parceiro serão fiéis um ao outro? Quem garante que sempre terão amor e que não haverá decepções?”. “Ninguém pode me garantir isso, nem eu mesma”, pensei. Na continuação da conversa tentamos descobrir o segredo de uma relação feliz.

A questão é que as relações na sociedade estão repletas de crises: casamentos, amizades, pais e filhos em conflitos... Relações felizes e duradouras não são automáticas. A tendência é assustadora: nossa incapacidade de nos relacionarmos está aumentando, mesmo com tantos meios de comunicação. A sociedade está repleta de pessoas solitárias, amarguradas e magoadas em suas relações. Contudo, mesmo com as experiências negativas, temos grande necessidade de criar e manter relações. Sem os outros, nós definhamos. Nosso bem-estar depende muito das relações com outras pessoas.

A pergunta da minha amiga demonstra a busca intensa por amor, proteção e aceitação. Por que temos anseio por boas relações? O fato de você e eu vivermos é uma evidência de que Deus, nosso Criador, quer um relacionamento pessoal conosco. É Deus quem põe em nós o desejo de comunhão. Todavia, os homens rejeitam a relação com Deus ou a mantêm superficialmente, destruindo a íntima conexão com ele. A falta dessa relação também nos deixa incapazes nas relações com as outras pessoas! Assim, todos nós precisamos nos achegar a Deus, à origem das relações. Só assim saberemos como manter uma relação feliz. Somente ele pode satisfazer o desejo por amor e abrigo! Então vem a pergunta: como podemos restabelecer a íntima relação que desprezamos ou ignoramos?

Deus faz o máximo por uma relação pessoal conosco. Por isso ele mesmo assumiu a restauração dessa relação. Na Bíblia, que é a Palavra de Deus, lemos: “... aos que o receberam [a Jesus], aos que creram em seu nome, deu-lhes o direito de se tornarem filhos de Deus” (João 1.12). Jesus Cristo é o Filho de Deus que viveu nesta terra como homem. Ele mesmo experimentou os problemas que podem ocorrer nos relacionamentos. Ele também mostrou como ter uma boa relação. Jesus, porém, fez ainda muito mais: mesmo inocente, ele morreu na cruz e assumiu voluntariamente a nossa culpa de rebeldia contra Deus. A sua ressurreição, então, significa esperança para todas as relações, pois ele desimpediu o caminho que leva até Deus! O texto da Bíblia mencionado nos mostra que Deus deseja uma relação de pai-filho conosco. Precisamos reconhecer que a razão de nosso problema é a falta de uma relação com Deus. Quando confessei a Deus minha culpa e incapacidade e acreditei que Jesus Cristo pagou por ela em meu lugar, eu fui aceita em sua família. O amor de Deus é imenso e ele agora é meu Pai! E você, como está? Você já deu esse passo? Deus quer aceitar você como um de seus filhos a fim de que você possa viver em plena confiança. Ele deseja ter uma intima relação com você!

A relação pessoal com Deus é a boa base sobre a qual se constroem todas as demais relações. Jesus também deseja nos livrar das relações estremecidas e de culpa recíproca. É claro que não existem relações isentas de ferimentos. É o que eu também sinto. No entanto, posso levar minhas feridas para Deus, pois ele é meu Pai. Jesus mostra que seu perdão é maior do que tudo e conduz a uma vida livre. Eu mesmo não consigo perdoar, mas Jesus me capacita para tanto. Com ele eu consigo construir relações resistentes e estáveis.

A conversa com a amiga terminou com a convicção: “Deus cuida da nossa relação. Meu marido e eu temos uma relação pessoal com Deus e juntos recebemos a ajuda dele. Essa é a base do nosso casamento”. — Karin von Reitzenstein

Informação Adicional

Autor(es) Karin von Reitzenstein
Dimensões 7,5 x 14 cm
Páginas 4
Editora Chamada
Idioma Português

Temas

Tags adicionadas por outros clientes:

Use espaços para separar as tags. E aspas simples (') para frases.